REVOLTA: Falta de água em Extrema deixa população com nervos a flor da pele, e prometem protesto

WhatsApp-Image-2020-11-18-at-23.03.43-1-1.jpeg

Uma situação de calamidade pública está sendo vivida pela população do distrito de Extrema na Ponta do Abunã. Toda semana falta água, porém esta última tem sido bem pior, chegando a 7 dias sem uma gota sequer.

De acordo com os moradores, duas equipes da Caerd de Porto Velho foram ao distrito tentar resolver o problema, mas nada conseguiram, deixando o povo mais revoltado ainda.

O serviço foi ineficiente e a bomba instalada não funciona e vive queimando. “Durante uma pandemia ficar sem água é uma falta de respeito com a população”, disse uma moradora.

Sou moradora de Extrema há muitos anos e eu nunca vi uma falta de responsabilidade com o cidadão de Extrema igual essa caerd está tendo.. uma vergonha é um descaso estamos sem água a vários dias a várias semanas a conta não falta o valor não baixa cobrada todo mês certinho isso é um descaso com a população de extrema… A gente vai no privado do presidente passa situação ele é ríspido E ignorante e a situação não é resolvida todo mês é a mesma coisa a bomba queima o flutuante no funciona a vazão da bomba não presta todo mês é isso minha casa tá cheia de louça para lavar banheiro sujo criança chorando que quer tomar um banho roupa suja não suporto mais essa situação a caerd nos abandonou o presidente da caerd não tem um pingo de consideração com a população de Extrema.”

Segundo as reclamações dos moradores, mesmo com todo esse problema de falta de água há vários dias, a conta não abaixa e quando o presidente da Caerd é procurado, trata com rispidez e ignorância os moradores.

PVH Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top