Auxílio Emergencial: prazo importante do benefício termina nesta segunda-feira (09)

082824202011095fa927d834280.jpg

Benefício começou a ser pago em abril e já atingiu quase 68 milhões de brasileiros nesta pandemia.

Alento dos brasileiros em tempos de crise por conta da pandemia do coronavírus, o Auxílio Emergencial tem ajudado milhares de beneficiários nos últimos meses. Para quem tem o programa de R$ 300 cancelado, o prazo para contestação será vigente até esta segunda-feira (9).

O prazo é válido pra quem não é beneficiário do programa Bolsa Família e não recebeu nenhuma cota de R$ 300. Aos beneficiários que receberam ao menos uma parcela de R$ 300 e na sequência tiveram o programa cancelado, o prazo para contestar será até a próxima quarta-feira (11).

Na medida provisória 1.000, que estabeleceu a prorrogação do Auxílio Emergencial em novo formato de valores, ficou estabelecido que o governo reavaliaria com frequência se os beneficiários cadastros preenchem os pré-requisitos do programa. Caso o Ministério da Cidadania identifique alguma irregularidade, o benefício é cancelado.

Para fazer a contestação, não é preciso ir a nenhuma agência ou correspondente da Caixa Econômica Federal. Basta acessar o Dataprev, efetuar o login, ir na opção “Acompanhe sua solicitação”. Depois disso, o programa vai informar qual foi o motivo que levou a recusa e cancelamento do Auxílio. Na página aparecerá uma opção para fazer a contestação. Feito isso, o beneficiário terá que aguardar a reavaliação do governo – não há um prazo fixado para o resultado sair.

Bolsa Família

Os integrantes do Bolsa Família que passaram a receber o Auxílio Emergencial de R$ 600 e a extensão de R$ 300, mas que tiveram o benefício cortado, poderão entrar com um pedido para nova análise a partir do dia 22 de novembro. O prazo para solicitação se estenderá até o dia 2 de dezembro.

Fonte: 1News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top