ARSENAL: Polícia prende dupla com quase 600 munições de fuzil em “boca de fumo” em Rondônia

WhatsApp-Image-2021-04-18-at-10.56.40.jpeg

Dois homens identificados como Ailton José dos Santos, 59, e Luiz Campos Werkhausen de 26 anos foram presos pelo crime de tráfico de drogas e porte ilegal de munição em uma residência na Rua Osvaldo Cruz, município de Jaru no início da noite deste sábado (17).

De acordo com o boletim de ocorrência, uma guarnição do Patamo realizava patrulhamento de rotina entre as Ruas Osvaldo Cruz com João Batista quando avistaram Luiz caminhando em atitudes suspeitas, e ao perceber a presença da viatura, saiu correndo e jogou uma sacola por cima do muro de uma residência e quebrou um celular que estava em seu bolso, em seguida foi abordado. Questionado sobre o do que havia se desfeito, ele disse que eram duas munições de fuzil que estaria levando para fazer uma corrente.

Os policiais conseguiram localizar as munições calibre 556 e 762 no terreno da casa com a permissão do dono. Segundo os policiais, Luiz é velho conhecido das guarnições.

Perguntado onde conseguiu as munições, ele confessou que um suspeito de vulgo “Gordo” havia deixado cerca de 600 munições com ele para guardar, e que em breve retornaria para buscar, mas já haviam se passado 6 meses e nada, então pediu para um amigo (Ailton), para esconder o material no quintal de sua residência, dentro de um buraco, então foi aceito, coma condição de Luiz lhe pagar umas cervejas.

Após a confissão, a guarnição se deslocou até a casa de Ailton, a dupla confessou que haviam desenterrado as munições do buraco para Luiz retirar duas, para a confecção da corrente, e que haviam deixado guardado dentro do imóvel o restante. Ao entrar no quarto do suspeito, os policiais encontraram em um canto, um saco plástico todo o material, com várias caixas de fuzil calibre 556 e 762.

Vizinhos do suspeito informaram a guarnição que o Luiz seria dono de uma “boca de fumo” e um prostíbulo, o que foi negado pelo suspeito, mas após deslocamento para averiguação, os policiais encontraram porções de cocaína em um pote.

Diante dos fatos a dupla recebeu voz de prisão e foi encaminhada a Delegacia para a confecção da ocorrência. No total foram apreendidos 528 Cartuchos de Calibre 762 Intactos e 18 de Calibre 556 Intactos de origem boliviana, além de uma quantia de R$ 1.294,00 em espécie que estaria no bolso das vestes de Luiz e R$ 300,00 que Estavam na carteira porta cédula de Ailton.

PVH Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top